: Escrevo não porque sei, mas por gosto e impulso... E assim escrevo errado mesmo...

(E o conteúdo deste blog que não consta fonte, é de minha autoria...)

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Assim disse onário... (riso) e eu...


Refletindo sobre o sentido que tenho usado os termos ORGULHO e AMOR PRÓPRIO fui buscar o significado deles no dicionário... Fiz minha pesquisa chamando os verbetes sublinhados na sequência apresentada em http://www.priberam.pt/dlpo/dlpo.aspx e escolhi os significados que consolido a seguir:

ORGULHO:
Soberba ridícula. Arrogância; merecedor de escárnio. Insignificante; que tem pouco valor. Atitude de desconsideração por algo ou por alguém. MENOSPREZO

AMOR-PRÓPRIO (encontrei com essa exata grafia!)
Respeito que cada qual tem de si mesmo, da sua dignidade.

O final consequente para ORGULHO ficou uma palavra que deve ser aplicada a ele... Em suma, no contexto que aqui aplico o orgulho deve até ser eliminado como uma praga vital!
Já na definição de AMOR-PRÓPRIO aparecem duas palavras (respeito e dignidade) de significado tão bom que chega a ser prosaico!

E continuando com AMOR-PRÓPRIO, vejo esse sentimento subtendido na famosa frase “Amarás teu próximo como a ti mesmo.” (São Mateus 22,39) (em http://www.bibliacatolica.com.br/busca/01/NT/1/ame+o+proximo#.UPHmmORX00d) como a seguinte regra:
Devo amar o próximo do mesmo modo que amo a mim; devo amar antes a mim mesmo, com respeito, de modo tal que transpareça a minha dignidade. E, como continuação, segundo esse modelo de amor a mim, amar o próximo. Então digo que o AMOR-PRÓPRIO é ainda o primeiro amor e modelo para o amor ao próximo...

Se conseguiu ler, desculpe a redundância. Só assim consegui me expressar...

Uffa!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Hum! Vai comentar! Agradecida!