: Escrevo não porque sei, mas por gosto e impulso... E assim escrevo errado mesmo...

(E o conteúdo deste blog que não consta fonte, é de minha autoria...)

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Blog Lidiane Franqui

Há pouco menos de um mês, surgiu no meu feed do Facebook uma mensagem que uma amizade minha (do Face) havia curtido a Fan Page Blog Lidiane Franqui; a preferência da amizade e o fato da página ser de um blog chamaram minha atenção e lá fui eu visitar a página; identifiquei-me com o conteúdo da página e segui viagem para o blog. Gostei das postagens de capa e resolvi que leria o blog desde a primeira postagem. Inicialmente os comentários estavam desativados, e eu nem pude ler todos nem comentar enquanto lia, então comecei a anotar sobre as postagens que me chamavam mais atenção e como eram quase todas decidi que faria essa postagem, externando meu entusiasmo e divulgando ao pequeno público que me segue, o Blog Lidiane Franqui:


Depois ela me apresentou novos conhecimentos sobre a Blogosfera bem como sobre respeito, atenção e qualidades que eu também admiro e busco praticar também na internet. 

Para Lidiane, a felicidade é estado de espírito, mas com a consciência de que falar é fácil, difícil é praticar e que deve-se refletir sobre o poder além da vida praticando a lição nossa de cada dia!


Depois voltou a falar sobre a blogosfera e tópicos sobre profissionalismohumildade e formação de opinião! 

Retornando para a temática comportamental ela discorreu sobre aprendendo, na prática, a gostar de si mesmo, brincou com MEME: cheiros e memórias inesquecíveis mas retornou a lembrar que a blogosfera é uma via de mão dupla! E que plágio é uma questão de caráter! Enfatizou também que valorizar o outro é importante!


Continuando com a temática comportamental ela recorda do necessário momento da retirada, de que é preciso viver como se não houvesse amanhã, questionando também sobre planejar o futuro e a que velocidade você vive?  E responde lembrando que cultivar sementes do bem estar vai te ajudar! Propõe refletir sobre enfrentar ou não enfrentar a dor fazendo metáfora dizendo que o que afoga não é o mergulho, mas permanecer debaixo d'água e recorda que é no convívio com o próximo que nos conhecemos.

Ressalta que é preciso aguardar um pouco mais... Deixar o tempo passar e nele amadurecermos e entendermos os acontecimentos para assim nos posicionarmos de maneira consciente diante deles, e que devemos saber conviver com nossos erros


Lidiane ainda afirma que os animais merecem amor e questiona Clarice Lispector: quem entendia? 

Com o advento do Facebook e das Fan Pages, os Blogs ficaram meio esquecidos, mas a mim eles são pessoais, contextualmente individualizados e lembra-me a época das saudosas cartas e por isso, intencionava também com esta postagem estimular Lidiane para que voltasse a escrever em seu blog; mas ela já se fez Fênix e continuou buscando pertencer a si mesmo...

Aqui está meu apanhado do Blog!

Sei que Lidiane esperaria meus comentários sobre cada um destes temas que poderemos ao longo do tempo ir trocando. Li todo o blog como se lê um livro e não dei conta de comentar ou anotar o que diria a cada postagem.
De algumas coisas discordei humanamente! Mas o conteúdo muito me disse e agradou...

Agradeço-a imensamente, por mim e pelos demais leitores, pelo que escreveu e por ter voltado a escrever!

J

5 comentários:

  1. Palavras lidas, frases entendidas e o sentindo de ler registrado! Agradecida!

    ResponderExcluir
  2. Olá Anita!

    Sinto-me emocionada e agradecida pela homenagem. Sim, é uma homenagem bela que certamente guardarei com carinho. O texto ficou ótimo e até mesmo eu me surpreendi com quanto já escrevi. Sim, continuarei e fico feliz de ter você como leitora! Um grande abraço,

    Lidiane Franqui

    ResponderExcluir
  3. Lidiane!

    Foi um prazer articular esse texto que fica de composição dupla!
    Continuas a escrever e eu, entre outros, a ler... Feliz também!

    Abraço retribuído!

    À leitora anônima, obrigada também por seu comentário!

    ResponderExcluir

Hum! Vai comentar! Agradecida!