: Escrevo não porque sei, mas por gosto e impulso... E assim escrevo errado mesmo...

(E o conteúdo deste blog que não consta fonte, é de minha autoria...)

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Indo¹ para 2014...

A mensagem é clara: não sacrifique o dia de hoje pelo de amanhã. Se você se sente infeliz agora, tome alguma providência agora, pois só na sequência dos agoras é que você existe.
Cada um de nós, aliás, fazendo um exame de consciência, lembra-se pelo menos de vários agoras que foram perdidos e que não voltarão mais. Há momentos na vida que o arrependimento de não ter tido ou não ter sido ou não ter resolvido ou não ter aceito, há momentos na vida em que o arrependimento é profundo como uma dor profunda.²
Clarice Lispector, crônicas - Jornal do Brasil (1968).

Para ganhar um ano novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente. É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre.³
Carlos Drummond de Andrade


¹ 2014 não é lugar, mas vamos para lá sim...
² Voltei no tempo ao ler esta frase: entre meus 15 a 20 anos eu lia a parte “Se você se sente ... é que você existe.”, em momentos otimistas, e a achava perfeita! Como até alguns anos atrás, eu não conhecia Clarice Lispector em sua obra,  não sabia ou lembrava que esta velha conhecida frase era dessa autora com a qual já fui até comparada o que me fez pesquisá-la bem como sua obra; hoje no link abaixo da citação eu li tal frase com um complemento e mais que antes, constato com ênfase a perfeição de boa parte da colocação... Discordo da parte do arrependimento e dor, mas meu foco agora é outro!
³ Vi essa frase em um post do Facebook que fui marcada, numa daquelas foto-mensagem e fui conferir se de fato era do Drummond e a encontrei nesse link que usei como fonte;

Então! Com esses recortes faço uma colcha de retalhos e proponho que a usemos em 2014!

Como toda “proposta” é entre duas partes, livres e independentes, use-a se quiser... 


Mas com colcha de retalhos ou uma outra qualquer cochile bem com 2013 e acorde melhor com 2014 fazendo sua sequência de agoras!

Um comentário:

  1. Como tudo que tu faz, lógico, realista, conciso e direto! Gosto disso!

    ResponderExcluir

Hum! Vai comentar! Agradecida!