: Escrevo não porque sei, mas por gosto e impulso... E assim escrevo errado mesmo...

(E o conteúdo deste blog que não consta fonte, é de minha autoria...)

domingo, 13 de maio de 2012

Dia das Mães 2012

Eu já tinha pensado em não postar uma outra música aqui... (tem umas 3 seguidas) Mas hoje não teve jeito!
Lá vai mais uma...(Mas nessa em vez do vídeo, posto só a música pra ouvir. Eureca!)

DESCULPA, MÃE (Padre Zezinho)

Desculpa-me depois de tanto tempo
Por que te magoei aquela vez
Desculpa-me por tantos contratempos
Que a minha rebeldia te causou
Desculpa, minha mãe
Por não ter dito um Deus te pague
Desculpa minha mãe por não saber te agradecer
Desculpa pelas faltas de respeito
Desculpa este teu filho que cresceu
Eu lembro aquela sopa no vestido
E aquela colherada no nariz
Eu lembro aquele tombo na calçada
E aquela acusação tão infeliz
Desculpa-me mamãe por te tentar fazer de boba
Que bobo que era eu quando tentei de enganar
Desculpa-me por tantos descaminhos
Desculpa este teu filho que cresceu.
O tempo caminhou depressa
E apesar dos meus defeitos acabei virando alguém
Teu coração não tinha pressa
Sabia que eu iria me encontrar
Agora que eu me achei procuro a mãe que eu tive
Pra dar-lhe um beijo agradecido e atrasado mas feliz
Desculpa-me mamãe pela demora imensa
Leva-se uma vida pra entender o que é ter mãe...

2 comentários:

Hum! Vai comentar! Agradecida!